Joe Barton foi anunciado como argumentista da sequela direta de “Cloverfield”

Joe Barton vai escrever o guiao da sequela de Cloverfield

Segundo o The Hollywood Reporter, a Paramount Pictures e a Bad Robot, de J.J. Abrams estão a desenvolver uma sequela direta do thriller de terror e ficção científica “Cloverfield” (2008), filme que ajudou a lançar a carreira na realização de Matt Reeves, que atualmente está a dirigir “The Batman“.

De acordo com a notícia do THR, o guião do novo projeto será escrito por Joe Barton, argumentista que recentemente foi anunciado como showrunner de “Gotham PD”, futura série da HBO Max e spin-off de “Batman”.

Ao contrário do original, que chegou aos cinemas nacionais com o título “Nome de Código: Cloverfield”, a sequela não utilizará o formato found-footage, um estilo que foi popular durante vários anos, mas que agora está ultrapassado.

A história do primeiro filme segue cinco jovens de Nova Iorque que organizam uma festa de despedida para um amigo. Nessa mesma noite um monstro, do tamanho de um arranha-céus, arrasa a cidade. A câmara de vídeo com que filmam essa noite é o registo da tentativa de sobreviver ao mais irreal e tenebroso acontecimento das suas vidas.

Concebido por Abrams como uma homenagem aos filmes clássicos do Godzilla e produzido em segredo, “Cloverfield”, filmado com um orçamento de 25 milhões de dólares, foi um êxito comercial ao arrecadar nas bilheterias de todo o mundo mais de US$ 172 milhões.

O sucesso alcançado foi a rampa de lançamento de mais dois filmes: “10 Cloverfield Lane” (2016), dirigido por Dan Trachtenberg, e “O Paradoxo Cloverfield” (2018), de Julius Onah, que foi lançado na Netflix.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *