“Tom e Jerry”: Adaptação live-action vai chegar mais cedo aos cinemas

Estreia de Tom e Jerry antecipada

“Tom e Jerry”, um híbrido que mistura live-action e animação do realizador Tim Story (Polícias em Grandes Apuros), vai ser lançado nos cinemas mais cedo que o previsto inicialmente. Segundo o The Hollywood Reporter, a Warner Bros. Pictures antecipou a estreia do filme centrado no familiar gato e rato para a quadra natalícia de 2020.

A estreia está agora marcada para o dia 23 de dezembro do próximo ano, cerca de quatro meses antes da previsão inicial, 16 de abril de 2021, data que o estúdio irá ocupar com um projeto ainda sem título.

Já em produção na Warner Bros. Animation Group, o elenco conta com as participações de Chloe Grace Moretz, Michael Peña, Ken Jeong, Rob Delaney e Jordan Bolger. Segundo notícias anteriores, as versões animadas de Tom Cat e Jerry Mouse permanecerão em silêncio, tal como os conhecemos, pelo que não houve necessidade de contratarem atores para darem voz à dupla.

O novo filme irá mostrar Tom e Jerry a serem expulsos de casa e a mudarem-se para um hotel de luxo em Nova Iorque, onde a funcionária Kayla (Moretz) está a lidar com os preparativos de um casamento da alta sociedade. Mas as peripécias de Jerry ameaçam o emprego de Kayla, pelo que terá de recorrer a Tom para se livrar do rato traquina. Porém, o gato e o rato terão de se unir para derrotarem o chefe vilão de Kayla (Peña), que não é fã de qualquer um.

Artigos relacionados