Bryan Fuller vai dirigir uma nova versão do thriller de terror “Christine – O Carro Assassino”

Bryan Fuller vai dirigir remake do filme Christine: O Carro Assassino

A Sony Pictures e a Blumhouse contrataram Bryan Fuller para escrever e dirigir uma nova versão versão do thriller de terror “Christine – O Carro Assassino“, filme do realizador John Carpenter, que foi lançado nos cinemas em 1983, e considerado por muitos como um dos filmes em destaque na longa história de adaptações cinematográficas dos romances de Stephen King.

O filme original gira em torno de um Playmouth Fury vermelho, um carro fabricado numa linha de montagem de automóveis em Detroit. Mas não é um carro qualquer. No seu interior esconde-se o próprio diabo, cujo único equipamento de série é um insaciável desejo de vingança, capaz de gelar o sangue a qualquer um e de destruir todo aquele que se mete no seu caminho.

Vinte e um anos depois, o intimidado Arnold “Arnie” Cunningham vê o carro destruído à venda um jardim e imediatamente apaixona-se pelo carro. Resolvido a repará-lo e a dar-lhe o antigo brilho, Arnie leva por diante esta árdua tarefa, mas começa a tornar-se uma pessoa diferente e arrogante. Além disso, passa cada vez mais tempo com Christine, o que começa a parecer obsessão. Christine parece apreciar a atenção… e se alguém tenta intervir, transforma-se em mais uma vítima da sua ira incontrolável.

Este remake será a primeira produção de Fuller na realização, que já anunciou que irá manter o mesmo tom dos anos 80. Como argumentista e produtor executivo, o cineasta tem grande experiência nos géneros de terror e ficção científica, tendo sido o criador da série “Hannibal”, uma das mais belas e violentas histórias de terror dos últimos vinte anos. É também o autor do argumento do filme para TV “Carrie”, bem como das recentes séries “Star Trek: Discovery”e “American Gods”.

A nova versão de “Christine – O Carro Assassino” será produzida por Jason Blum, Vincenzo Natali e Steven Hoban.

Se não conhece o filme, aproveite e assista ao trailer oficial:

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *