Remake de “Fuga no Século XXIII” será dirigido por Simon Kinberg

“Fuga no Século XXIII” (Logan’s Run), filme realizado em 1976 por Michael Anderson, vai ganhar uma nova versão. Segundo o site Deadline, a Warner Bros. Pictures contratou Simon Kinberg para dirigir o projeto e Peter Craig para escrever o guião.

O filme original foi protagonizado por Michael York, mas segundo alguns rumores, desta vez o papel principal estará destinado a uma mulher, dando seguimento a nova tendência em Hollywood, originada pelo sucesso de “Mulher Maravilha”.

A ideia do remake está em andamento há quase 30 anos e ao longo desse tempo foram associados vários nomes para a realização, incluindo Christopher McQuarrie e Nicolas Winding Refn, este último associando Ryan Gosling como protagonista. Alex Garland, Ken Levine e Ryan Condal foram alguns dos argumentistas que colaboraram no projeto, mas cujas intenções acabaram por ser guardadas na gaveta.

Adaptado do romance de ficção científica de William F. Nolan e George Clayton Johnson, publicado em 1967, a história está ambientada no ano 2274, onde uma estranha civilização numa cidade hermeticamente fechada, proporciona uma vida de prazeres aos seus habitantes, mas somente até a idade de 30 anos, sendo então forçadas a morrer. Aqueles que fogem desse terrível destino são presas pelos Sandman, uma espécie de força policial. Logan 5 (York) é um desses agentes acostumado a impedir fugas. Só que Logan 5 está para fazer 30 anos e pensa seriamente em escapar.

Considerado por muitos fãs como um clássico do cinema distópico, o filme venceu o Óscar de Melhor Efeitos Especiais. Entre 1977 e 1978, a obra deu origem a uma série televisiva de 14 episódios, não chegando a completar uma temporada completa.

Este poderá ser a segunda longa-metragem dirigida por Kinberg, que acabou recentemente de se estrear no cargo com “X-Men: Fénix Negra“, que será lançado nos cinemas em novembro. Os créditos de Craig incluem os argumentos das duas partes de “The Hunger Games: A Revolta” e do mais recente “12 Indomáveis“, que estreou nos nossos cinemas no passado dia 22 de fevereiro.

Artigos relacionados